“Callejero significa rueiro, aquele que dança nas calles, que curte os bons bares; o bom malandro que vive a salsa. Da salsa na alma e do espírito passional de um callejero, vem a inspiração... De um universo riquíssimo de cultura latina, partem as referências... De amor incondicional à salsa, nasce o desejo de criar... E é nesse desejo, no qual toda a energia se harmoniza e se transforma em arte, que em junho 2006 surgiu a Callejero, poesia latina estampada no peito” Soy Callejero y nada mas...